• R.: A Bíblia é uma reunião de vários livros escritos em épocas diferentes
  • A entidade Cristã sem vínculos denominacionaisSetting Captives Free(Libertando Cativos) lançou o aplicativo
  • Você pode enxergar antecipadamente grandes coisas, com o passar do tempo as circunstâncias tendem a encolher seus

Mensagens Subliminares


Disney e seus desenhos subliminares e pornográficos.
(Autor: Pastor Monteiro Junior)



-->

A Disney não somente tem sido acusada de colocar mensagens sobre satanismo em seus desenhos animados. Como também já tem recebido alguns processos e punições judiciais por inserir mensagens subliminares em seus desenhos.
Já são inúmeros os casos em que os Estúdios Disney precisaram se retratar e até recolher desenhos e filmes das prateleiras das lojas por conterem conteúdo inapropriado para seu publico alvo, ou seja, as nossas crianças.
Dado estes fatos, os comentários que ouvimos sobre o satanismo da Disney, não se constituem em meros boatos, ou fanatismo religioso como afirmam alguns céticos.
A estranha nuvem de devassidão, violência, paganismo, satanismo e bruxaria, que paira sobre a conduta destes estúdios, nos mostram qual é a verdadeira intenção, oculta por traz de tudo que a Disney produz.
Acreditar que a Disney teria sido apenas uma vitima de desenhistas e funcionários revoltados, que aproveitaram a oportunidade para vingar-se de maus tratos recebidos da empresa, seria o mesmo que crer nos contos de fadas que a própria empresa produz. Mesmo que esta seja uma das principais desculpas apresentadas pelos defensores deste império satanista, não existe possibilidade de todos os acontecimentos envolvendo os desenhos e outras produções, tratarem-se somente de vingança ou mero acaso.
Devido ao grande numero dos "supostos incidentes" envolvendo desenhos da Disney ou outras produções, mostraremos aqui apenas um pequeno numero de casos.
A pornografia da Disney
DISNEY EXIBE FILME PORNOGRAFICO.
O Jornal "NY Daily News" notificou que em Nova Jersey, nos EUA, um canal da Disney voltado para meninos e meninas de 3 a 6 anos chamado Disney's Playhouse, exibiu um filme pornográfico contendo cenas realmente explicitas.
O fato ocorreu em uma terça feira quando estava sendo passado o desenho animado "Handy Manny". O desenho foi abruptamente interrompido para dar lugar a cenas com pessoas fazendo sexo.
"- O que eles estão fazendo? - perguntou aos pais um garotinho de 5 anos quando viu uma cena de sexo explícito no lugar do desenho." 

O pai do menino, Paul Dunleavy, ficou apavorado.
"- Eram duas pessoas fazendo sexo, mostrava tudo e era nojento - disse Dunleavy, que pediu para que o filho não fosse identificado - Não era algo que você espera ver no Cinemax, quanto mais na Disney."

"- Se você não pode se sentir seguro em deixar seus filhos assistirem a um canal da Disney, o que se pode fazer? - perguntou Dunleavy, pai de três crianças de Middletown, Nova Jersey - Eu não conseguia acreditar. Nós tentamos fazer a coisa certa e tentar proteger nossos filhos de coisas como essa, então eles exibem em um canal para crianças."


A empresa responsável pelas transmissões a Comcast, afirmou tratar-se de um engano dos funcionários.
O que parece estranho neste caso, e é o que está sendo investigado pelos chefes da Comcast. Porque que as imagens de censura a maiores de 18 anos não foram bloqueadas pelos mecanismos de controle ativados pelos pais nos aparelhos de TV?

Porem este fato permanece um mistérios.
Fatos como este não são de se estanhar no que se refere a Disney, pois não somente casos supostamente acidentais já foram notificados antes, como outros que são vistos como propositais, ocorrem constantemente.
ALADDIN
Um clássico da Disney que conta a fabula de Aladdin encaixa-se perfeitamente com o que já narramos á cima.
Adicionar legenda
Este desenho causou certa polemica por conter mensagens subliminares de caráter sexual. Na cena de Aladin e Jasmine onde o herói está tentando se esquivar do tigre Rajah na sacada do quarto da princesa, parece que se pode ouvir o moço dizendo “bons adolescentes tiram as roupas”. O roteiro diz que a fala é a seguinte: “bom gatinho, vá embora”. No vídeo parece que outra pessoa, e não Aladin, suspira a outra frase, mas não importa quem realmente foi o autor da pérola, essa alegação deixou a Disney cheia de problemas com a Liga Americana Pela Vida, que costuma banir filmes da Disney, alegando que eles tem usado linguagem sexual para as crianças durante anos.
No momento em que Aladdin pronuncia esta frase Jasmine parece assustar-se ao ouvir estas palavras.
-->

Uma criança de 5 anos, nos EUA, tirou suas roupas, e quando questionada pela mãe disse que o Aladdin havia mandado.
Existe também outra cena, onde Aladdin vem voando no seu tapete, pega a espada na mão e diz muito rápido, de forma quase imperceptível: "mate-se, suicide-se"
BERNARDO E BIANCA
Outro caso realmente famoso e que tem alcançado uma grande divulgação, são as mensagens subliminares encontradas no desenho Bernardo e Bianca.
Neste desenho são encontradas duas cenas onde uma mulher nua aparece numa janela. A cena é clara e inconfundível, porem não pode ser percebida simplesmente ao assistir o desenho de forma normal, a mensagem está contida apenas em dois frames, é necessário pausar a exibição ou colocar em câmera lenta.

No momento em que o pássaro com os dois ratinhos em cima, passa rapidamente em frente os prédios, pode-se ver uma mulher totalmente nua na janela.
A cena está inserida de forma subliminar, não podendo ser percebida pelo consciente e sim segundo os estudiosos de forma subconsciente
A Disney reconheceu o caso depois de varias denuncias e polemicas levantadas por dois sites na internet, um deles foi"http://www.entertainium.com/francais/video/rescuers2.html". Devido a polemica que estes sites trouxeram a tona, a Disney foi forçada a recolher 3,5 milhões de vídeos em locadoras nos USA.

UMA CILADA PARA Roger Rabbit

O vídeo de "Uma Cilada para Roger Rabbit" chegou ao mercado com uma cena em que o personagem Baby Herman fazia coisas bem adultas ao passar sob o vestido de uma mulher. A sequência durava o tempo de uma piscada de olhos, mas mais uma vez virou um um pesadelo para a Disney... (Revista Veja - 1º/nov/2000)
O desenho-filme é recheado de sensualidade. Um exemplo disso está nas curvas exageradas de Jessica rabbit esposa de roger.
Uma das mais absurdas mensagens subliminares e pornográficas, encontradas neste filme se dá no exato momento em que o taxi cartoon onde estão os personagens bate e eles são arremessados fora do carro, então a Jessica Rabbit sai voando de pernas entreabertas e dá para ver que ela está sem calcinha.



-->


TOY STORY 2

Toy Story e Toy Story 2 - Em alguns exemplares da edição especial dos DVDs destes filmes, lançados nos EUA, contavam com um item no mínimo embaraçoso: no meio do segundo filme estrelado pelos bonecos Woody e Buzz Lightyear, foi encontrada uma cena recheada de palavrões da comédia Alta Fidelidade. Depois de constatar o problema, levantado por consumidores que reclamaram do conteúdo impróprio para um desenho infantil, a Disney retirou das prateleiras os produtos 'defeituosos'. [Revista Veja - 1º/nov/2000]
Existe um momento em que os personagens estão trocando de canal muito rapidamente. Nesta hora não é perceptível o que está passando na tela da TV, porem se colocarmos em câmera lenta, notaremos cenas bastante estanhas.
Em um canal está passando uma mulher semi-nua de seios avantajados, que faz gestos obscenos. Em outro vemos explosivos e um personagem torturando e matando um outro personagem menor. Encontramos também um palhaço mostrando o dedo para quem está assistindo.
Mesmo não existindo muitas mensagens ocultas neste anime, ou ao menos não foram encontradas muitas até agora. Podemos perceber que os Estúdios Disney não abrem mão deste recurso que é amplamente usado para manipular e influenciar as mentes de crianças inocentes.
-->

O REI LEÃO
Não poderíamos deixar de mencionar também o desenho O Rei Leão, que nos trás uma série de mensagens e fatos polêmicos envolvendo esta produção.
Se procurarmos as palavras "mensagem subliminar" na web, certamente este desenho irá aparecer como resposta a nossa busca.
A cena mais famosa vista como mensagem subliminar neste desenho, acontece no momento em que o personagem cai sobre as flores e levanta uma nuvem de poeira que por fim formará a palavra "SEX" (SEXO EM INGLÊS)


-->


- A música cantada por Scar, é de Shirley McLane, uma das maiores divulgadoras da Nova Era, que diz: "Viva a Nova Era, a velha já era".
- O babuíno feiticeiro Rafiki diz para o leãozinho que as estrelas vão guia-lo. Alusão clara à Astrologia. Ele diz também, que Simba não se sinta mal por ter matado alguém.
- O leão pai (já morto) fala das nuvens com o filho, uma alusão clara à reencarnação e ao Espiritismo.
- Mufasa olha para as estrelas e diz para Simba, seu filho: "...olhe as estrelas. Os grandes reis do passado olham para nós lá das estrelas, e sempre que se sentir sozinho, procure lembrar que aqueles reis sempre estarão lá para guia-lo. E eu também estarei...". Esta cena faz referência à necromancia (consulta aos mortos). - John Smith (já falecido vitima de AIDS) era homossexual e foi quem criou Scar, o leão efeminado, que no filme anda rebolando. - Os atores Ernie Sabella e Nathan Lane disseram que os personagens que interpretam ('Timão', o siricate e 'Pumba', o javali) no filme foram os primeiros personagens homossexuais da Disney a aparecerem na tela (N.Y.Times, 12.06.94).
É possível se perceber algumas outras mensagens subliminares em uma das capas deste desenho na versão norte-americana. Quais são elas?
  • O rosto de Walt Disney aparece no céu.
  • Os órgãos sexuais do leãozinho estão á mostra.
  • Dois besouros fazendo sexo.
  • Dois elefantes também fazendo sexo.
  • Uma mensagem escrita na rocha afirmando que Elton John não é gay "Elton John isn't gay", embora ele seja realmente gay assumido e é altor de muitas canções do próprio desenho.
Alem de fazer alusão a conteúdo sensual através de mensagens subliminares. Este desenho também é acusado de inspirar crimes e atitudes imorais. Acreditam alguns que não só faz alusão ao homossexualismo, como também existe uma forte influencia maligna por traz desta produção da Disney.
- Uma criança de 11 anos nos EUA em 96, assistiu o filme O Rei Leão 12 vezes e depois esquartejou a própria mãe. O irmão mais velho relatou que enquanto o irmão matava a mãe com uma machadinha, ouvia-o falando: "- O vídeo do O Rei Leão disse: Eu posso matar você".
- Em New Jersey, uma criança de 9 anos, despertava à noite dizendo "Eu vou matar você". -->
- Outra criança disse à sua mãe quando esta cortava carne na pia: "mãe eu quero sua faca. A mãe pergunta para que? A criança responde: "- Eu quero matar você. O Rei Leão disse que eu posso matar você!".
- Recentemente, no Rio de Janeiro, um jovem foi preso por matar sua própria mãe. No cabo de seu revólver havia um adesivo do O Rei Leão.
101 DÁLMATAS
Outra produção de sucesso da Disney, o desenho 101 dálmatas. Conta-nos a estória de 101 adoráveis cãezinhos que se envolvem em inúmeras aventuras. Uma produção aparentemente inofensiva, mas que não deixa passar batido o caráter oculto da Disney, que sempre acha um jeito de impor suas opiniões demoníacas em seus trabalhos.
-->


Em uma capa dos EUA do desenho podemos notar mensagens subliminares ocultas, que só seriam notadas se prestasse-mos muita atenção.
Conforme podemos ver na capa á cima mostrada, temos algumas ampliações destas mensagens:
  • Na coleirinha de um dos personagens a identificação diz "Bitch 'N, Heat", que quer dizer "Vadia e Gostosa"
  • O outro detalhe é uma sombra de uma mulher nua na janela
  • E por último existe o símbolo da revista Playboy em um dos cãezinhos
Mais mensagens subliminares no filme - O nome da Bruxa é Malvina Cruella DeVil, porém na placa do carro aparece DEVIL, que significa diabo. - No prédio da sua empresa tem uma placa "HOUSE OF DeVIL", traduzindo "Casa do Diabo". - Nas escadarias do prédio tem uma estátua de um bode.
A PEQUENA SEREIA
O desenho conta a história de Ariel, sereia filha de Netuno 'rei dos mares', que se apaixona por um príncipe (humano). Este desenho é acusado de conter estímulos sexuais. Foi chamado de pornografia infantil.
Em uma certa ocasião Ariel se excita sexualmente, e a mensagem passada nesta produção também não é das melhores, pois ensina rebelião contra os pais e a obter o que se deseja a qualquer custo ou preço, mesmo que este preço seja a própria alma. Em um momento quando Ariel quer se tornar humana para poder se casar com o príncipe, a bruxa que ela procura diz que quer algo em troca para torna-la humana: "Eu quero sua voz e sua alma". - Quando a música ( Beije a moça) toca no fundo, há um grupo jamaicano falando palavras africanas, lançando maldições para as crianças que assistem.
Existem mensagens subliminares no desenho e uma certa polemica também foi gerada com relação a capa. Há um órgão sexual masculino que é uma das torres do palácio. Outra coisa estranha é a imagem do príncipe e a sereia nesta capa. O Príncipe está com a mão escondida atrás da rocha, na altura de seu órgão sexual, enquanto Ariel parece estar olhando fixamente em direção a sua mão que está oculta, dando a parecer que le estaria fazendo algo obsceno e ela estaria olhando.
Perceba que a torre central do castelo é na verdade um órgão sexual masculino. Devido a todo o conteúdo de conotação sexual encontrado neste desenho, podemos concluir que isso foi proposital.
-->

Uma outra subliminar que foi percebida por pessoas que assistiram o desenho, ocorre no momento em que o padre está ceebrando o casamento da Ariel, ele fica excitado na hora da cerimônia.
"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele."
(Provérbios 22:6)







Disney e a destruição da família.

Introdução
Estaremos mostrando aqui uma nova série de artigos sobre a influência dos desenhos animados animes e outras mídias.
Estas novas matérias também pretendem revelar toda a verdade escondida por trás de produções feitas por empresas satanistas as quais tem o único intuito de manipular a sociedade e construir um mundo propicio ao reinado de seu Anticristo.
Não é de hoje que satanistas estão usando meios de comunicação e mídias de acesso direto a jovens crianças e adultos para moldar as sociedades, afastando-as de Deus e do encontro com a verdade.
-->

Ainda que pareça absurdo para os céticos o fato de falarmos sobre tais assuntos, todavia quem conhece o significado do termo ”batalha espiritual” sabe muito bem que vivemos em um mundo completamente influenciado por demônios, onde qualquer porta de acesso é usada para que tais seres destruam famílias e vidas, as escravizando completamente ao poder hipnótico de satanás o príncipe deste século.
Bem sabemos que as empresas Disney trabalham arduamente para construir um mundo totalmente fora dos padrões instituídos por Deus e sua Palavra.
Disney carrega uma enorme herança ocultista em seus trabalhos, uma coletânea de processos e ações movidas por pessoas que se sentiram ofendidas e prejudicadas pelas ideologias e doutrinas transmitidas em seus supostos desenhos infantis.
Ainda que pareça tudo muito belo no universo de fantasia promovido por Disney, não se engane! O intuito deles é divulgar o satanismo como ideologia de vida e afastar completamente gerações inteiras das verdades divinas.
É fato notório que antes dos desenhos da Disney a bruxaria não tinha esta divulgação estrondosa de hoje. Vimos gerações inteiras crescerem sendo doutrinadas por duendes, fadas, demônios, ogros, gnomos, bruxas e outros seres espúrios que estão bem posicionados em liturgias demoníacas e religiões pagãs que pela Disney são mostradas como boazinhas e perfeitamente aceitáveis.
Tudo que esta empresa faz visa um interesse subliminar onde nós somos apenas fantoches indefesos.
Um exemplo claro disso é o fato de a Disney se apresentar como sendo uma das principais fontes de entretenimento familiar saudável, que representa a família e os bons valores morais, quando na verdade visa destruir a família e não edificá-la. Construindo nas novas mentes que assistem seus desenhos a idéia de que a família não é tão importante e não precisa ter a configuração propriamente dita de um pai, uma mãe e filhos.
Tal visão seria até compreensível se visasse confortar aqueles que não têm uma família completa, no entanto não é este o interesse da Disney, mas sim promover as doutrinas de Nova Era que afirma que filhos não precisam de pais, que o amor familiar e fraternal é algo que só nos prejudica e a liberdade individual de cada ser é um estagio evoluído tal como homossexualismo e outras condutas contraditórias a Palavra de Deus.
Vejamos alguns casos de apologia contra a família em desenhos Disney
No desenho da Cinderela a garota não possui pai e nem mão, pois perdeu primeiramente a mãe e depois o pai sendo criada por uma madrasta malvada e suas meias irmãs.
Em Brande de Neve e os sete anões a jovem não tem pai e nem mãe mas uma madrasta malvada que é na verdade uma bruxa.
A pequena Sereia Ariel também não faz nenhuma menção a uma mãe, somente um pai.
Em Aladin a princesa Jasmin também não possui mãe mas foi criada por seu pai
No clássico a Bela e a Fera, Bela também foi criada apenas por seu pai.
No desenho Lillo e Stich a menina não tem mãe e nem pai, mas é criada por sua irmã com a qual tem um relacionamento conturbado.
A família fica então completa com a chegada de Stich um monstro malvado do espaço o qual vivia sendo caçado por causa de sues maus atos. Uma família muito estranha!
Em A Espada era a Lei Arthur personagem principal é órfão de pais sendo ensinado e orientado pelo mago Merlin. Muito sugestivo por sinal não?
Em Procurando Nemo o peixinho também foi criado pelo pai pois perdeu a mãe.
Peter Pan dispensa comentários, pois baseia-se em um conto onde existe uma terra onde crianças órfãs vivem sem nenhum auxilio de adultos.
O Rei leão também perdeu os pais e é criado por dois malandros Timão e Pumba.
O menino Mogli é criado na floresta por animais e tambem não tem pais
No desenho de Bambi os seus pais são assacinados
Em Irmão Urso Kenai e Koda: Koda é órfão
Tarzan também perdeu os pais
Em Pateta e Max o filho do Pateta não tem mãe, nem ao menos há a mínima referencia a ela.
Existem vários outros desenhos da Disney que seguem este mesmo padrão nunca mostrando uma família completa.
É curioso que a Disney que se diz uma produtora extremamente voltada a filmes e desenhos familiares nunca tenha retratado uma família completa. Até mesmo em seus seriados Teen nunca vemos uma família realmente convencional.
É claro que muitos destes contos fazem parte do folclore mundial como é o caso de Branca de Neve e Cinderela dos irmãos Grimm. Porem todos os contos foram alterados e adaptados pelos estúdios Disney e alem de conterem um pesado simbolismo e material iniciatico a cultos e seitas satânicas também nos passam estas estranhas mensagens subliminares que distorcem os nossos valores morais nos fazendo acostumar com idéias que somente são divulgadas pelo próprio satanismo e movimentos da Nova Era.

Animes. Lixo satanista importado do Japão.

Não quero que o tema desta matéria seja vista como preconceito aos animadores japoneses, ou a quem escolhe o anime no estilo MANGA como seu preferido. Na realidade existem animes neste estilo que conseguem trazer uma mensagem positiva para a vida de crianças e adolescentes que são o seu principal publico alvo. No entanto estamos vendo uma avalanche de desenhos animados trazidos do Japão ou de animadores que seguem a mesma linha, que simplesmente não tem nada de educativo ou edificante para oferecer, a não ser satanismo bruxaria, vingança ódio e coisas do gênero.
Como cristão que sou não posso ficar parado vendo a alma e sonhos de nossas crianças dominados e conquistados por demônios vindos do Japão. Como pai não posso deixar que meus filhos sejam envolvidos por tais influencias e espíritos.
Esta seqüência de matérias é direcionada a Cristãos a pessoas que já foram alcançados por Cristo e já tiveram os seus olhos espirituais abertos e por isso sabem que o que está se travando hoje é uma verdadeira guerra espiritual, onde SATANÁS está usando de todos os métodos possíveis para conquistar territórios, e neste caso os territórios em questão são as mentes e almas de nossos filhos.
Os animes hoje em circulação e principalmente os que se baseiam no folclore e lendas japonesas e orientais em geral, são extremamente nocivos e demoníacos, contendo todo tipo de aberrações possíveis. Este tipo de desenho animado tem tido mais ousadia até mesmo que os desenhos da Disney que ao menos tentavam mascarar suas mensagens satânicas. Como exemplo comentaremos alguns:

Dragon Ball

A história de Dragon Ball conta a vida de Son Goku, um menino com cauda de macaco, baseado na lenda chinesa Viagem ao Oeste (西遊記), desde as suas aventuras enquanto criança até se tornar avô. Durante a sua vida, participa de muitas batalhas com adversários cada vez mais fortes, procurando sempre aumentar a sua força. Nas suas viagens, Goku conhece várias pessoas, criando muitas vezes uma amizade muito forte com elas que os ajudam a vencer os vilões da história.
As Esferas do Dragão são alguns dos componentes da história. São sete bolas de cristal, mágicas, que estão espalhadas pelo planeta e que possuem estrelas no seu interior (de uma a sete). Quando todas são reunidas, se o portador souber as palavras mágicas, são usadas para invocar o dragão Sheng Long (Shenron) que realiza um desejo (com limites).
Depois do desejo ser concedido, as bolas transformam-se em pedra e espalham-se pelo planeta, ficando impossíveis de serem usadas e detectadas durante um ano. Em tempos passados, demoraria gerações para procurar e juntar as esferas. No entanto, no início da história, uma garota chamada Bulma cria o Radar do Dragão para detectá-as, tornando o processo mais fácil e rápido do que deveria ser. No decorrer da série, as "Dragon Balls" deixam de ser o tema principal para serem apenas um elemento secundário.
O enredo deste anime parece interessante e de inicio para os menos informados, não existem problemas em permitir que as crianças assistam esta programação. Porem em apenas alguns minutos podem ser observadas varias cenas com conteúdo impróprio para crianças, como estimulo sexual, violência extrema, satanismo e incitações a atos suicidas e homicidas.
A foto abaixo mostra o personagem Kuririm vomitando sangue apos levar surra de Vegita. A cena foi vetada no Carton Netwok porém a Band mostrou na integra!
O desenho também é o que se pode chamar de anime pornográfico para crianças, pois as insinuações de caráter sexual vão alem do esperado em outros desenhos do gênero, exibindo cenas grosseiras e desagradáveis
Em um momento em que Bulma e Goku estão dormindo em um trailer. Goku, um garoto muito ingênuo, que nunca tinha visto uma garota antes, fez a mesma coisa que sempre fazia quando morava com seu avô: dormir no meio de suas pernas. Só que Goku estranhou a falta de "algo" no meio das pernas de Bulma. Então decidiu dar uns tapinhas em sua genitália e logo em seguida tirou a calcinha dela, para ver se conseguia resolver o que havia de estranho ali. Mas ao tirá-la, levou um baita susto e saiu gritando pela casa "No Balls!!! No Balls!!!". Uma cena muito engraçada. No Brasil essas cena sequer chegou a ser passada. Aqui umas imagens do original japonês:
As imagens pornográficas não param por ai, pois neste desenhos os personagens ganham presentes se mostrarem suas partes intimas para o mestre, coisa que ocorre com freqüência.
Esta imagem também recebeu censura no Brasil. Estranho como os desenhistas japoneses parecem não se preocuparem com isto por lá.
Um outro momento no desenho o mestre apalpa os seios da menina
Até mesmo no MANGÁ que deu origem ao desenho, a pornografia corre solta.
Como se não bastasse toda a pornografia praticamente explicita e sugestiva encontrada em Dragon Ball, os desenhistas e roteiristas não podiam deixar outras obscenidades faltarem. Em muitos momentos neste desenhos os personagens fazem gestos obscenos.
DRAGON BALL Z
O desenho DRAGON BALL Z é a continuidade do seu antecessor, e como ele, também dá seqüência a uma degradação de bons costumes e podemos afirmar que revela de uma vez o seu teor satânico.
De inicio durante a abertura do desenho já podemos ver o 666, numero da besta descrito na Bíblia e que é adorado e reverenciado no satanismo antigo e moderno, aparecendo claramente na porta do carro usado pelos personagens. Muitos afirmam que isso é irrelevante, que é apenas um numero. No entanto nós sabemos não se tratar só de um número, mas sim de um símbolo, algo repudiado pelo cristianismo e marca registrada do diabo. Na Bíblia ele é a marca da BESTA ou do Anticristo, com o qual serão marcados todos os adoradores de Satanás indicando que são propriedades dele. Se a intenção era dar um numero a porta do carro por que não outro numero? A resposta é simples. Este desenho é feito por satanistas. Não passa de uma campanha para divulgação de suas idéias e condicionamento mental em massa de nossas crianças, para que quando a MARCA chegue esta geração esteja acostumada com ela e até já a esteja adorando.
Até nos brinquedos referentes ao anime encontramos o 666.
O desenho em um dos seus episódios encoraja atitudes suicidas como a "ROLETA RUSSA", costume praticado por marginais membros de gangues que o utilizam como forma de tortura, também como brincadeira suicida.
É necessário que nos questionemos se são estas as atitudes que devem ser encorajadas em um desenho animado?
Após passarem uma arma de "mão em mão" e apertarem o gatilho a arma dispara na cabeça de um deles que sorridente se diverte com tudo isso.
Existem algumas similaridade entre o desenho e a Bíblia. Um dos personagem de destaque no desenho é um tal de SR. SATÃ, tido como um súper herói e é adorado por muitos. Porem não tem poder nenhum, toda a sua fama vem de suas mentiras e suas façanhas são apenas truques, no entanto é comum em vários episódios vermos este personagem sendo louvado por multidões que gritam SATÃ! SATÃ! viva SATÃ!
Este anime é altamente nocivo no que diz respeito a educação e bons costumes, e pior ainda por que ensina satanismo as crianças. Não existem justificativas para que os pais deixem seus filhos assistirem este LIXO SATANISTA.
Temos hoje um mundo cheio de crimes violência, e atitudes destrutivas. Pessoas que cada vez menos se preocupam com o próximo. Boa parte disso é responsabilidade da educação que recebemos quando crianças e desenhos como este só podem contribuir para o mal.
POKÉMON
Pokémon é a abreviação de Poketto Monsuta ou Pocket Monster, algo como "MONSTRO DE BOLSO". São chamados assim porque as inúmeras espécies de Pokémons podem ser abrigadas dentro de Pokébolas, um dispositivo de um treinador Pokémon ou até de um professor, de uma enfermeira, ou de outra pessoa que se envolva com essas criaturas. Dentro desses pequenos itens, um Pokémon, por maior que seja, pode viajar no bolso de um treinador.
No capítulo 38, exibido no Japão no dia 16 de dezembro de 1997, o personagem Pikachu, um dos principais da série, emitiu a certa altura raios de luz colorida. Depois de assistir à cena de apenas cinco segundos, 12.000 crianças passaram mal, segundo dados das autoridades japonesas. Pelo menos 600 foram internadas com convulsões. Mais tarde, quando trechos do programa foram exibidos nos telejornais noturnos, muitos adultos também foram afetados. O episódio foi estudado por médicos e técnicos de animação, que concluíram que as luzes intensas poderiam causar reações em crianças com olhos sensíveis ou em pessoas com predisposição à epilepsia. No Japão, para se ter uma idéia, dá cerca de 5% da população.
Os desenhistas de animação japoneses conhecem muito bem estas técnicas: "Shigueki" é a palavra para a inserção de um forte estímulo visual, e "Paka-Paka" é a gíria específica para estas luzes coloridas piscando alternadamente, inseridas com o objetivo de criar tensão emocional extrema. O "Paka-Paka" pode ser definido com maior exatidão como um "Pisca-Pisca", um efeito "Flicker", luzes de cores diferentes piscando em alta velocidade, estroboscópica ou até mesmo taquicoscópica-subliminar, enquadrando-se na Fórmula das Signagens Subliminares, ou seja, o quociente entre o dividendo quantidade de informação emitida e o divisor tempo-espaço de exposição ao sinal (cf. Propaganda Subliminar Multimídia, 6. edição, p.30.). Não há falta de informação a este respeito, pois o "site" da Internet "Expresso" de 20/12/97 apresenta o artigo "Boneco gera Epilepsia" que explica ter Pikachu projetado exatamente 54 imagens em 5 segundos.
O fato curioso é que neste mesmo episódio o personagem Picachu tem uma visão onde mostra um televisor deitado em uma cama de hospital depois que é atacado por um demônio. Uma grande analogia ao que aconteceu na vida real quando crianças assistiram este episodio.
Depois deste fato chegar ao conhecimento do publico, o desenho foi proibido de ser exibido no Japão e em vários outros paises que observaram os mesmos efeitos em crianças e adultos.
CAVALEIROS DO ZODÍACO
Talvez um dos mais sombrios animes produzidos dentro do universo MANGÁ seja OS CAVALEIROS DO ZODÍACO. Este desenho teria sido o pioneiro aqui no Brasil. Foi o primeiro a introduzir toda a onda de bruxaria e satanismo contidos nos animes japoneses.
Mesmo não tendo sido notado casos envolvendo mensagens subliminares neste desenho, não significa que pode ser considerado uma diversão sadia para nossos filhos.
Existe muito misticismo nesta produção e até mesmo algumas referencias claras á Bíblia sagrada. Em um dos seus episódios LÚCIFER em pessoa (segundo o anime) aparece em cena e declara seus objetivos e sonhos. O texto a seguir foi retirado deste episódio
LÚCIFER FALA
"-Eu jurei: construirei meu palácio sobre a estrela de Deus. Colocarei meu trono sobre a montanha sagrada que está no fim do norte. Subirei até a nuvem mais alta, então eu serei o rei dos reis."
Este dialogo se desenrola no momento em que LÚCIFER está conversando com uma enorme estátua que o está reprovando.
A estátua fala:
"-lúcifer, filho da luz, por que fez com que o expulsasse do céu? agora você é o filho da escuridão e tem poder para destruir todos os povos. Um filho de Deus que o traiu!"
Enquanto pronuncia estas palavras a estátua está chorando como se estivesse sentindo pena de LÚCIFER por sua situação atual.
O que é perfeitamente notável aqui é que os criadores deste desenho com certeza entendem do que estão falando, e o fato de citarem com tamanha precisão as mesmas intenções e punição de LÚCIFER descritas também na Bíblia, nos mostra que isso foi intencional. Resta-nos saber no entanto, de onde veio esta inspiração para este desenho, e quais as verdadeiras intenções por trás disso?
-->
A BÍBLIA nos diz a respeito de Lúcifer:
“Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo.” (Isaías 14:13,14:)
Muitos títulos dos episódios fazem alusão á Bíblia e muitas de suas narrativas e profecias, também expressão crenças do satanismo. Vejamos apenas alguns poucos títulos de episódios deste anime
Episódio 01 - Lendas de uma nova era.(Referencia a Nova era, ou era aquariana, também conhecida como luciferiana)
Episódio 05 - A ressurreição do Dragão.(Referencia ao diabo, na Bíblia representado pelo dragão)
Episódio 06 - Fênix, o guerreiro que voltou do inferno.
Episódio 09 - Os cavaleiros do apocalipse.(Narrativa descrita unicamente na Bíblia, no livro de apocalipse)
Episódio 14 - A derrota do espírito diabólico.
Episódio 23 - O anjo da morte.(satanismo)
Episódio 48 - O Dragão volta do mundo dos mortos.(Titulo muito sugestivo para quem conhece as Escrituras Sagradas)
Episódio 82 - Cisne, erga-se do inferno ardente.(Titulo já é uma invocação maligna)
Dadas as observações feitas aqui sobre este desenho, podemos notar uma atmosfera um tanto obscura pairando sobre produção. Não é de se estranhar que seja produzido por alguma seita satanista. Porem paranóias á parte, mesmo não sendo este o caso, magia, Bruxaria, violência extrema, sangue e explosões de energia espiritual não definidas já são motivos para classificar este desenho como não saudável.
"SAILOR MOON"
Sailor Moon (Bishōjo Senshi Sērā Mūn 美少女戦士セーラームーン?) traduzido como Graciosa Guerreira Marinheira da Lua ou Linda Guerreira Sailor Moon e conhecido como Navegante da Lua em Portugal é uma série de mangás criada porNaoko Takeuchi para a revista Nakayoshi da editora Kodansha e adaptada como série de anime pela Toei Animation, para musical em 1993 e como série live-action em 2003. O mangá conta com 18 edições encadernadas, sendo lançada em 2003 uma versão reeditada pela autora com arte e diálogos novos, mas a mesma história, em 12 volumes e dois especiais, com mais páginas por volume. A série é baseada em uma outra história produzida anteriormente por Naoko Takeuchi: Codename wa Sailor V que tinha como protagonista Minako Aino. Esta contém três volumes, mas em 2004 a autora relançou o mangá em dois volumes revisados, com mais páginas por volumes.
O anime possui 200 episódios distribuídos em cinco fases: Sailor Moon, Sailor Moon R (Return), Sailor Moon S (Senshi), Sailor Moon SS (Super) e Sailor Moon SR (Stars). Foi criado pela Toei Animation e distribuído pela DIC e pela ADV Films, as mesmas empresas de Os Cavaleiros do Zodíaco. (FONTE:http://pt.wikipedia.org/wiki/Sailor_Moon)
Em um dos episódios deste anime aparece uma bruxa que logo se transfigura em um demonio em seguida gira sua cabeça para traz como no filme "O EXORCISTA". Após isso SAILOR MOON faz sinais de invocação idênticos aos que já mostramos antes e que parece ser marca registrada destes desenhos satanistas. Veja esta parte do desenho no vídeo á baixo e tire suas próprias conclusões:
CONCLUSÃO
Muitos com certeza acharão estas revelações apenas mais um fanatismo religioso. No entanto é preciso que pensemos se realmente deve ser este tipo de entretenimento que venha a alimentar as mentes de nossas crianças e adolescentes? Se faz necessário pensar se realmente é a vontade de Deus que nossos filhos e filhas cresçam acostumados a ver demônios na TV. Acostumados a assistir cerimônias que só são vistas em MISSAS NEGRAS e rituais de MAGIA NEGRA.
Tenho visto muitos comentários de pessoas de mente totalmente dominada por SATANÁS, e acredito que seja realmente esta a situação de tais indivíduos, que ainda defendem este tipo de desenhos, afirmando ser apenas uma forma de divertimento sadio e que criticar tais produções não passa de fanatismo religioso. Mas observemos nossa sociedade hoje e vejamos que tipo de contribuição positiva estes tipos de entretenimento tem gerado?
Se os desenhos animados são para crianças, então por que não usar temas mais infantis como amor, moral, religião, companheirismo, ao invés de demônios, violência, sensualidade, pornografia, satanismo, bruxaria e outras expressões?
A resposta para esta indagação é muito óbvia. Os desenhos de hoje não visam produzir cidadãos moralmente corretos e sim satanistas, assassinos, prostitutas, adoradores do diabo, bruxos e bruxas, e pessoas totalmente vazias de Deus, tal como as pessoas que os produzem.
Não sou um fanático religioso. Na verdade nem sou religioso, pois não aceitei uma religião na minha vida, ao contrario deixei a religião para servir ao verdadeiro Deus. Sou um ser pensante que avalia as conseqüência do que estamos vendo na TV hoje e decido se vai fazer bem a minha família ou não, e isso não tem nada relacionado a religião. Não sou obrigado a cair em um abismo só por que uma multidão está indo em direção a ele.
Se estes desenhos não são duvidosos em seu conteúdo, então por que crimes tem ocorrido constantemente inspirados por eles? Por que tantas crianças matam os pais ou os colegas inspirados em tais produções? Por que noticias estão saindo constantemente na mídia culpando estes animes por crimes ou comportamentos agressivos?
"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele."
(Provérbios 22:6)





-->
Em verdade não podemos mais definir o que são bons valores ou valores ruins, pois simplesmente não existem mais referencias para se classificar o que é bom ou ruim em nossa sociedade.
Ouvimos dizer que homossexualismo é normal, que falar contra isso é preconceito e homo fobia. Que sexo é cultura e cultura esta ninguém sabe exatamente o que seria. Pois todo lixo que é mostrado nos meios de comunicação é chamado por muitos de cultura.
Se falarmos contra musicas indecentes somos taxados de quadrados ou preconceituosos. Quando falamos contra religiões somos acusados de proselitismo a favor de nossos costumes e também chamados de ignorantes.
Quando isso não ocorre a palavra mais usada contra quem se opõe a este sistema satânico é “FANÁTICO RELIGIOSO.”
Temos assistido o mundo como o conhecemos afundar em um imenso abismo, onde mentir é normal, violência é glorificada por crianças, jovens e adultos e sexo e dinheiro são as molas mestras que movem a sociedade.
Não vou me curvar e ficar calado vendo as almas que Cristo comprou com seu sangue serem tragadas aos abismos infernais, capturadas por espíritos enganadores vitimas de uma mídia que podemos afirmar ser praticamente 100% satânica, já que esta glorifica bem mais ao Diabo do que faz referencia ao nome do Senhor.
A TV é a origem de muitos males.
O que menciono nesta matéria não é opinião de um “fanático religioso” como tenho sido chamado por alguns, e sim uma pesquisa com bases sólidas e reais sobre o perigo que filmes animes e desenhos animados representam para nossa sociedade.
Conforme uma recente pesquisa feita pela ONU somente os desenhos e animes exibidos no Brasil exibem 40 cenas de violência a cada duas horas. 1432 crimes durante uma semana, e a média de 20 crimes por hora. Ou seja, uma criança que assiste apenas duas horas de TV por dia verá 1.200 cenas de violência ao mês, 14.400 cenas ao ano. Entre os tipos de violência apresentam 30% de homicídios.
Na matéria publicada no jornal Folha de São Paulo, no dia 28 de outubro do último ano lê-se que a ONU se mostra preocupada com as programações intituladas “programações vale tudo” onde qualquer conteúdo é transmitido visando alcançar uma maior audiência.
Foram avaliados os desenhos animados e programação infantil de seis emissoras de TV aberta. Em 71 horas de desenhos indicaram que, em média, a cada 60 minutos, aparecem 20 crimes, a maioria lesão corporal e homicídio.
"A sociedade tem direito de saber, em detalhes, o que chega a suas casas", afirma o jurista Oscar Vieira, professor de direitos humanos da PUC em São Paulo e diretor-executivo do Ilanud, entidade da ONU que estuda a violência.
Este tipo de iniciativa e analise é comum nos EUA, porem no Brasil é algo ainda muito deficiente. Apenas nos EUA a TV aberta é responsabilizada por desvios de conduta, estimulo á violência e incitação à permissividade sexual, discriminações dos mais variados tipos e até a impulsionar crianças e adolescentes ao mundo das drogas.
Como sempre os representantes das emissoras acusaram as entidades que moveram a pesquisa, de estarem agindo de forma fanática e puritana, com uma dose de histeria politicamente correta.
Em outra pesquisa realizada pela Universidade Gama Filho publicada na revista "Cláudia", investigou a erotização e exploração da figura da mulher na programação infantil. A exemplo da ONU, eles também fizeram análise minuto a minuto. Em 151 horas de programação, os pesquisadores detectaram 308 cenas de erotização, apontando, em primeiro lugar a TV Globo e, em seguida, o SBT.
De acordo com o levantamento, a cada 29 minutos, meninos e meninas recebem um estímulo erótico e uma imagem preconceituosa ou deturpada sobre a mulher.
Segundo as pesquisas a que nos referimos. as redes de TV aberta apareceram no seguinte ranking de reprovação:
Bandeirantes e TV Record lideram os homicídios em seus desenhos animados; A Globo vence em lesões corporais.
Possessões demoníacas
Como Pastor evangélico e crente há 12 anos e uma pessoa que já teve experiências espirituais, posso afirmar que aquilo que vemos diariamente na programação ao nosso alcance na TV aberta e canais por assinatura, sem sombra de duvida trazem influencias malignas e não poucas.
Presenciei momentos em que pessoas foram possuídas por demônios por assistirem determinados filmes que com certeza foram produzidos por seitas satânicas, com o simples interesse de dominarem vidas e levar pessoas a mergulhar no mundo do ocultismo.
Vou relatar a partir de agora alguns casos que pude presenciar pessoalmente e outros que chegaram ao meu conhecimento á partir de amigos ou noticias via e-mail.
Em um dos casos tivemos que expulsar um demônio de uma criança de seis anos, que passava seu dia assistindo animes, principalmente Dragon Bol Z e Avatar.
O menino foi possuído enquanto estava em frente da TV e começou a quebrar tudo em sua casa. Só pode ser contido por cinco policiais e mais de dez pessoas que o derrubaram no chão e quase não conseguiam imobiliza-lo. Estava completamente transfigurado e não se parecia mais com uma criança
Esta foi uma das cenas mais chocantes que já vi, embora já tenha visto outras envolvendo crianças.
Quando chegamos ao local ele estava no chão e uma multidão já cansada segurava aquela criança. Mandamos que o soltassem, coisa que a pequena multidão fez ainda temerosa pois sabiam que era um demônio que havia possuído aquele menino. Bastou ordenarmos em nome de Jesus que aquela legião saísse, e ela saiu.
Quando interroguei a mãe do menino sobre a sua conduta nos últimos dias ela me disse que ele estava completamente envolvido pelos animes que os assistia quase todo o tempo. Aconselhamos que não mais permitisse que ele assistisse este tipo de programação. Depois disto este fato nunca mais ocorreu.
Em outro momento nos ligaram pedindo para que fossemos expulsar demônios de dois jovens que haviam alugado filmes em uma locadora, e no momento em que assistiam um dos filmes caíram no chão e começaram a pronunciar palavras estranhas e quebrar tudo que encontravam pela frente, alem de estarem totalmente transfigurados. Os filmes que esses jovens assistiam no momento eram Efeito Borboleta e o Exorcista.
Casos semelhantes a estes também foram observados por amigos de ministério.
Em outro caso que me foi passado por um professor do semanário, em uma campanha de libertação na cidade de Brasília, uma menina de apenas um ano, neta deste professor, caiu possessa por demônios. O demônio foi expulso e os pais evangélicos não entendiam como isto poderia estar ocorrendo em um lar cristão.
Depois de algum tempo em oração Deus através de um outro pastor revelou o porquê disto. O demônio teve acesso à vida da pequena criança devido ao fanatismo que a mãe tinha por bichinhos de pelúcia da Disney, que ficavam no quarto da menina. Eram dezenas de imagens e bonequinhos. Depois de queimarem estes bichinhos nunca mais aconteceu coisa parecida.
Na selva peruana, na cidade de Tarapoto, desenhos animados japoneses foram proibidos após afirmações de que personagens da série Dragon Ball Z possuíram os corpos de dois adolescentes..
Pessoas afirmaram que os meninos Edil Castillo e Christian Vílchez ambos de 14 anos foram possuídos por demônios que afirmavam serem GOKU e VEGETA.
Os garotos afirmaram que não sentiam os seus corpos e não controlavam suas personalidades, mais podiam se comportar como os personagens e até sentir seus poderes.

TV, fábrica de criminosos

Pois é a brincadeira, e nada mais, que está na origem de todos os hábitos. Comer, dormir, vestir-se, lavar-se, devem ser inculcados no pequeno ser através de brincadeiras, acompanhados pelo ritmo de versos e canções. É da brincadeira que nasce o hábito, e mesmo em sua forma mais rígida o hábito conserva até o fim alguns resíduos da brincadeira. Os hábitos são formas petrificadas, irreconhecíveis, de nossa primeira felicidade e de nosso primeiro terror. Walter Benjamin1
A influencia negativa que muitos filmes e animes tem gerado é expressa por muitos crimes que acontecem em nossa sociedade hoje.
Pode-se notar que há uma grande insistência por parte da indústria que produz filmes animes e outras produções cinematográficas, em exibir conteúdos reprováveis, como violência, sensualidade, rituais de magia e coisas do gênero.
Parece existir uma trama, onde para cada nível de nossa existência estas coisas são inseridas em nossa mente. Para cada faixa etária há uma certa dosagem destes tipos de inspirações nos desenhos animados filmes e outras programações na TV.
Como exemplo disso: Para crianças menores de cinco anos temos os tradicionais Pica Pau, Tom e Jerry, papa-léguas e outros. Ambos contendo um nível de violência semelhante, onde armas, tiros, quedas, vingança e sofrimento físico, são apresentados sadicamente como formas de humor.
Para crianças de dez anos acima, neste caso já entrando na adolescência e também jovens e adultos. Encontramos uma dosagem mais forte de violência e outros estímulos, de forma mais clara e menos regrada, já que muitos acreditam que um adolescente já tem capacidade de diferenciar o que é fantasia de realidade.
Vemos animes e filmes que exibem naturalmente rituais de sacrifício humano, morte, possessões, sangue, violência e todas as formas possíveis de inspirações malignas.
Algumas pessoas pensam que o problema se encontra na capacidade de entender o que é fantasia e o que não é. Mas lamentavelmente o problema não se encontra aí.
Uma criança ou adolescente, ou mesmo um jovem, pode muito bem entender que tudo que vê não passa de uma invenção e por isso não é real. Mas não muda o fato de que, o que nós costumamos assistir nos inspira.
Um filme pode nos deixar alegres e de bom humor. Da mesma forma pode nos deixar pesarosos e tristes. Como também gerar uma porção de outros sentimentos. Tais reações ocorrem por que o que vemos, sempre mexe com nossos sentimentos e com nossa alma.
Tenho ouvido muitas pessoas dizerem: “E daí eu vejo filmes violentos e assisto animes violentos a muitos anos e não sou um psicopata, ou mesmo um drogado, ou uma pessoa má aos olhos da sociedade!”
No entanto não existe uma forma de medir a influencia causada por este tipo de mídia as vidas de todas as pessoas. Não podemos comparar seres humanos á maquinas pré-programadas, que responderão aos mesmos estímulos exatamente da mesma forma. Existem pessoas que parecem não desenvolver nenhum tipo de mau comportamento ao serem expostas a coisas deste gênero, embora esta seja uma visão muito superficial da coisa. Já na mente de outras pessoas estes estímulos funcionam como um gatilho que pode começar a construir e despertar a personalidade de um futuro assassino ou criminoso. Pois nós bem sabemos que para tudo que se constrói, precisa-se ter primeiro um alicerce. Neste caso a TV está nos fornecendo todos os alicerces possíveis.
Os crimes
O estudante Vitor Alexandre dos Santos, 21 anos, matou em dez/98, a avó, o tio, a tia e a mãe para cumprir uma missão designada por 'vozes do além'. Os crimes ocorreram em Mirandópolis (SP) onde morava, e suas relações com "Spawn, o Soldado do Inferno" são muito evidentes. A forma como ele agia lembra o personagem do filme, do qual o estudante anotou um trecho do texto, que depois foi encontrado pela polícia. Spawn estrangulava as vítimas com as mãos . A exumação dos corpos revelou que Vitor quebrou o hióide - osso do pescoço - dos parentes, conforme constatado pela perícia. (Folha de S.Paulo-16/dez/98)
Em maio de 99, em Denver, Colorado (EUA), dois jovens abriram fogo contra dezenas de colegas na escola. Tinham idéias nazistas, fabricavam bombas através da Internet, eram viciados no jogo 'Doom', e é muito provável que tenham se inspirado no filme 'Diário de um Adolescente' estrelado por Leonardo de Caprio, que interpreta um jovem drogado de N.York, que jogava basquete nos anos 60. Num de seus delírios, imagina-se na sala de aula de sua escola, vestido com uma capa preta e matando todos ao seu redor. Coincidência ?
Em fev/00, o país assistiu chocado a uma cena brutal. O menino D.J.G, de 9 anos, deu 40 facadas nas costas de sua amiga M.D.N., de 7 anos, enquanto assistia a um programa de TV. O menino disse à polícia que agiu inspirado no filme "Brinquedo Assassino", que havia visto na televisão uma semana antes. No filme, o boneco Chucky 'incorpora' o espírito de um criminoso e passa a matar as pessoas. Trata-se de uma produção americana de 1988 que fez tanto sucesso que teve mais duas continuações, uma delas a 'Noiva de Chucky'. A menina só não morreu porque a faca utilizada era dentilhada. (Jornal da Tarde-10/fev/00, Revista Educação mar/00)
Os Power Rangers foram proibidos no Canadá . A Corte Suprema chegou a conclusão que a maioria dos crimes na adolescência era devido a influência deles. Foram criados por uma seita satânica no Japão - Iokamura em 1972. Um garoto estava brincando no Panamá, com os P.Rangers das 8 as 12 hs, quando caiu e começou a retorcer-se. Levantou-se, pegou uma faca e tentou matar o irmão de 2 meses e dizia "No Risen to live" - Não há razão para viver.; conforme a tradução que vai para o Panamá. Crianças no Panamá estão se suicidando por causa dos P.Rangers.
Sobre o 'Pokémon': Quatro alunos de segundo grau foram presos na Filadélfia, por atacar outros estudantes a fim de furtar cartões com exemplares de Pokémon. Um estudante de 14 anos, foi esfaqueado em Quebec, no Canadá, em uma briga também pelos cartões. Na Carolina do Sul, um menino foi acusado de quebrar uma vitrine para roubar cartões no valor de 250 dólares. (Revista Educação)
Numa escola de Lisboa, uma criança foi vítima dos seus colegas fãs do Dragon Ball Z que, à imagem e semelhança da série a espancou, ao ponto desta dar entrada no hospital.
Existem outros casos semelhantes causados pela influencia maléfica de Dragon Ball Z. Numa outra escola do primeiro ciclo de Lisboa que não podemos identificar aqui, varias crianças imitando o Kamea-Hamea uniram as mãos como concentrando energias e depois espancaram uma menina violentamente ao ponto desta também ser levada ao pronto socorro.
O corpo de um jovem brutalmente assassinado foi encontrado no parque Duden de Bruxelas. O jornal belga Le Dernière Heure informou em uma de suas edições que foi encontrada junto ao corpouma nota escrita pelo assassino onde se podia ler as seguintes palavras; “Watashi Wa Kira Desu”. Traduzindo: “Eu sou Kira”.
Kira é o protagonista do anime Death Note, que mata criminosos e escreve os seus nomes em um caderninho. A policia está investigando os fãs de animes para tentar descobrir a identidade do assassino que por hora permanece desconhecida.
Devido a este incidente o anime Death Note está sofrendo uma forte represália por parte dos órgãos e instituições que estudam as influência causadas pelos meios de comunicação.
Death note é mais uma produção polêmica, recheada de violência e satanismo e já foi proibido de ser exibido em alguns países. Em outros teve problemas ao ser taxado como um péssimo exemplo para os jovens. Em algumas escolas foi boicotado por professores e educadores que não aceitaram o fato de seus alunos estarem usando copias do tal caderninho em sala de aula e escrevendo os nomes de seus colegas de classe. Os educadores temem que estas brincadeiras passem dos limites e acabem se tornando realidade.
Após a exibição do anime Higurashi no Naku Koro ni, alguns crimes começaram a ocorrer no Japão. Uma jovem de 16 anos teria assassinado o próprio pai com uma machadinha. Pouco mais de cinco dias depois, um outro jovem tentou repetir a mesma cena ao investir contra seu pai também usando uma machadinha. Outro caso semelhante ocorreu poucos dias depois destes dois, onde um estudante atacou um companheiro de sala com um grande facão.
Os crimes levantaram comentários por causa da semelhança encontrada na idade dos criminosos e por estarem ocorrendo exatamente durante a exibição da temporada deHigurashi no Naku Koro ni,.dos quais os acusados eram fãs. Alem do mais a personagem Rena de Higurashi usa facões neste anime. Após estas especulações levantadas pela mídia o anime chegou a ser suspenso. .
Mais uma vez estudos estão sendo feitos a fim de descobrir se existe uma relação entre estes crimes e a exibição de animes violentos. Caso se chegue a concluir que este fato é verdadeiro o anime poderá ser cortado permanentemente no Japão.
Conclusão:
É fato que os desenhos, animes e filmes e toda a programação acessível nos meios de comunicação, não são os únicos responsáveis por certos comportamentos criminosos, que podemos encontrar em nossa sociedade hoje. Algumas vezes nem mesmo existe esta ligação. Porem não se pode negar o fato de que o que é exibido na TV hoje, trás influencias muito ruins a sociedade. No entanto a responsabilidade continua sendo dos pais.
Muitos já me fizeram a seguinte pergunta: "Afinal, que tipo de programação seus filhos assistem?"
Eu costumo responder que muitas, filmes desenhos programas e tudo mais. Porem eu estou no controle. Ou melhor, eu estou com o controle! A TV é um ótimo veículo para comunicação, educação, informação e diversão. Mas como todas as coisas deste mundo devemos saber usar com sabedoria.
Não costumo julgar um anime ou desenho logo de cara. Geralmente vejo alguns episódios, se achar que não trás edificação para a vida de minha filha, ou mesmo que pode causar algum dano a sua personalidade, converso com ela e explico o por que. Até agora não tenho tido nenhum problema com isso. Geralmente ela mesma já escolhe o que é edificante ou não e não desperta nenhum interesse para desenhos que mostrem violência ou alguns outros tipos de expressões que chamei aqui de satanismo.
Temos hoje uma imensa variedade de desenhos, musicais, shows, animes e filmes. É muita coisa para se assistir. Temos materiais em DVD em vídeo. Uma grande variedade realmente. Cortar algumas programações se necessário, não nos fará falta.
"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele."
(Provérbios 22:6)

 
Blog Semeador Fiel © 2013 | Traduzido Por: Blog Semeador Fiel